close button

publicidade
livro o bom doutor de varsóvia chega ao Brasil

O Bom Doutor de Varsóvia de Elisabeth Gifford chega ao Brasil

O Bom Doutor de Varsóvia é um romance denso, porém sensível, sobre um dos períodos mais difíceis da história: a 2ª Guerra Mundial. Baseado na inspiradora história do médico e escritor Dr. Janusz Korczak (pseudônimo de Henryk Goldszmit),  responsável por salvar centenas de vidas de crianças na cidade de Varsóvia, durante a Segunda Guerra Mundial, e nos relatos de Misha e Sophia, aprendizes do médico.

Na trama, Misha e Sophia, um jovem casal de estudantes apaixonados são postos à prova durante os horrores do controle nazista em Varsóvia, assim como o Dr. Korczak luta para proteger as cerca de duzentas crianças de seu orfanato. O Bom Doutor de Varsóvia recria os fatos narrados pelo médico em seus escritos. Korczak abriu mão de salvar a própria vida para cuidar de centena de órfãos e dar-lhes esperança. “Ele foi pioneiro no campo da psicologia e bem-estar da criança e ensinou crianças e adultos a tratar uns aos outros com empatia”, diz a autora Elisabeth Gifford. 

Gifford, ainda uma jovem mãe, deparou-se certo dia com suas ideias em um seminário sobre Educação. Segundo ela, o médico defendia um relacionamento com a criança que implica conhecê-la a fundo e respeitá-la enquanto indivíduo. Foi esta visão que a fez pesquisar a vida deste homem pouco conhecido e transformá-la em um livro de ficção.

Capa - O Bom Doutor de Varsóvia
Imagem: Reprodução
O Bom Doutor de Varsóvia

Para isso, ela fez diversas pesquisas, viagens e entrevistas. E chegou, inclusive, a colher informações e obter importantes materiais com Roman Wroblewski-Wasserman, filho de Misha e de Sophia, o casal que protagoniza este livro, ao lado de Korczak. Misha e Sophia são um dos pouquíssimos sobreviventes do gueto de Varsóvia. Ambos trabalharam com Korczak antes e durante a segunda guerra.

O Bom Doutor de Varsóvia é o terceiro livro escrito por Gifford, que se tornou escritora justamente para poder contar a história de Korczak. A autora recria a época da ocupação alemã na Polônia, mesclando personagens reais e fictícios, destacando com perspicácia momentos importantes da vida durante o Holocausto.

“Com uma dor no peito, Misha lembrou-se da última vez que vira o médico e as crianças, no orfanato da Rua Sienna, dentro dos muros do gueto. Tinha passado o dia todo fora do gueto com uma equipe de trabalho destacada pelos alemães, varrendo cacos de vidro no quartel de Praga, sob o olhar entediado do guarda que os vigiava, empunhando o rifle de forma displicente. Quando voltou ao orfanato no fim da tarde, as crianças tinham sido levadas. Os copos de leite pela metade e o pão estavam esquecidos sobre as mesas; as cadeiras, tombadas ou empurradas para trás. Saqueadores já tinham invadido o prédio, os travesseiros rasgados, o conteúdo dos armários com as lembranças das crianças espalhado pelo pequeno salão de baile do clube de empresários, que durante um ano e meio servira de dormitório, sala de aulas e refeitório para duzentas crianças.”

Trecho do livro: O Bom Doutor de Varsóvia

Serviço:

Livro:  O Bom Doutor de Varsóvia | Autor: Elisabeth Gifford | Editora: Jangada | Páginas: 376

Ficou interessado? É fã de romances que se passam na guerra? Então não deixe de conferir nossa lista com 10 livros que se passam na Segunda Guerra Mundial

Postagens Relacionadas