close button

publicidade

Os Caras Malvados e os arquétipos sociais quebrados

Seja mau ou tchau, tchau. Esse é o lema entre o Lobo e a Cobra, melhores amigos, e claro, parte da equipe de ladrões conhecidos como os Caras Malvados. Ainda na equipe temos o Tubarão, o Piranha e a srta Tarântula; mais que apenas uma equipe, eles são uma família, e todos muito satisfeitos em ser quem são: Malvados.

Mas um dia isso muda, quando a governadora, a srta Danielle Raposina faz um discurso que toca no ego deles, e faz com que eles elaborem um plano para “o roubo do século”. É claro que esse roubo dá errado, e agora eles tem um forma de conseguir escapar da prisão: fingir ser bom e fazer com que a cidade confie neles.

Inpirado na série de livros homonima escrita por Aaron Blabey, Os Caras Malvados, segue com uma mensagem muito importante de que nem sempre as pessoas são apenas aquilo que os outros dizem ser. Podemos ser muito mais do que apenas os arquétipos sociais.

Créditos: DreamWorks / Universal

O filme, que tem como alvo o público infantil, pode até ser um pouco irregular em seu início, por quase glamurizar o crime e ações edionias, – um adulto fã dos filmes de ação vão achar espetácular – mas que ao longo de sua hora vai quebrando esse tapete tecido, mostrando que todos podemos ter a oportunidade de sermos melhores. Não apenas isso, o filme também destaca a importância da empatia, da amizade e da benevolência.

Na pré-estreia que aconteceu em São Paulo, a Nyvi Estephan – que dá voz na dublagem brasileira para a stra. Tarântula, para nós do Geek em Tela comentou “quando eles entendem que eles tem outra oportunidade, eles começam a ter uma outra chance de talvez não ser exatamente os caras malvados, eles começam a sentir essa coisa gostosa de ser benevolente e receber uma gratidão de volta” E esse é o maior cerne do filme, sermos mais do que apenas pensamos que precisamos ser.

E mais do que um filme com uma mensagem linda, Os Caras Malvados é uma animação incrível em detalhes tecnicos, com uma animação maravilhosa que junta os estilos de 2D e 3D, e tem um bucado de referências a Cultura Pop, e os grandes filmes de ação, principalmente nas obras de Quentin Tarantino, como Cães de Aluguel e Pulp Fiction, além de se inpirar também em Velozes e Furiosos e Missão Impossível – será que vem uma indicação ao Oscar 2023?

E vamos mais uma vez enaltecer a dublagem brasileira, que nesse filme está recheada de talentos incríveis. Mas o que mais me surpreendeu foi o Babu Santana que entrega sua voz para o Sr. Tubarão, se eu já não soubesse antecipadamente que ele era a voz do personagem, nunca teria reconhecido. Quero tambpem destacar o trabalho incrível da Nyvi, que empresta sua voz para um personagem pela primeira vez, e conseguiu entregar um trabalho lindo.

Os Caras Malvados - Elenco de dublagem brasileira
Babu Santana, Sérgio Guize, Nyvi Estephan, Agatha Moreira e Luis Lobianco – Créditos: Amanda Almeida

A DreamWorks mais uma vez nos trouxe um filme de grande sucesso, assim como Shrek e Como Treinar Seu Dragão. Os Caras Malvados é filme lindo, extremamente divertido que vai cativar a criança e o adulto, pois consegue trazer um assunto muito importante de uma forma leve: todos nós temos a chance de fazer melhor e fazer o bem, só tudo que precisamos é de uma chance!

Os Caras Malvados chega dia 17 de março nos cinemas.

Postagens Relacionadas