close button

publicidade

Crítica | Thor: Amor e Trovão

Resenha escrita por Vitória Miranda

Se você não curte o humor do Taika Waititi/Thor Ragnarok, devo dizer que você não irá curtir muito Thor: Amor e Trovão.

O filme é uma mistura de comédia com drama, ação, romance, alegria, tristeza e um misto de emoções. Como o próprio título diz, o filme fala bastante sobre amor. É um filme com bastante cores, alegria, tristeza e um misto de emoções.

O começo do filme é meio parado, tendo em vista que o personagem-título resolve tirar um tempo para poder encontrar a sua paz interior depois dos eventos acontecidos em Ultimato, mas a presença dos Guardiões da Galáxia deixa esse começo um pouco mais divertido. Existem alguns momentos, porém, onde algumas piadas poderiam ser evitadas.

Tudo muda com a chegada de Gorr (Christian Bale), mais conhecido como o Carniceiro dos Deuses que tem como promessa de matar todos os Deuses. A partir daí Thor entra em uma batalha com o apoio de seus aliados Walkyria (Tessa Thompson), Korg (Taika Waititi) e com a presença de Jane Foster (Natalie Portman), ou como ficou conhecida, a versão feminina do herói.

Amor e trovão - gorr carniceiro dos deuses
Créditos: Marvel Studios – Christian Bale como Gorr, o Carniceiro dos Deuses

A partir da batalha o mundo que até então era colorido e divertido fica um pouco sombrio. Meu destaque vai para as atuações de Natalie Portman e Christian Bale que deram um show de atuação e ouso dizer que Gorr é um dos vilões mais assustadores do MCU.

A busca do auto-conhecimento e a sutilidade em tratar a saúde mental

O filme também mostra a relação do herói consigo mesmo, em busca do auto conhecimento e sobre saber quem ele é, e de fato torna o Deus do Trovão um pouco mais humano.

É um filme onde mostra a evolução do personagem de Chris Hemsworth, mas sem perder a essência dele, continua sendo engraçado e “bobo”, mas, ao mesmo tempo, um Thor mais maduro. A história tem um bom desenvolvimento e as cenas entre Thor e Jane são bem bonitas e sentimentais. A dinâmica entre a Jane e a Valquíria também é muito boa e divertida, as cenas das duas são ótimas de se ver.

Thor Amor e trovão
Créditos: Marvel Studios – Thessa Tompson e Nathalie Portman como Valquíria e Poderosa Thor

Possui duas cenas pós créditos que são necessárias. A primeira tem a aparição de gente nova que vai deixar a galera bem animada.

Em geral, é um filme divertido, com bastante emoção e com uma mensagem muito bonita. As cenas de lutas são excelentes, os efeitos estão bem legais de se ver. A trilha sonora é impecável e a abertura é uma das melhores.

Thor: Amor e Trovão chega aos cinemas dia 7 de Julho.

Postagens Relacionadas
Leia Mais

Jumanji: Próxima Fase

Quando lançado lá em 1995, Jumanji foi um filme despretensioso. Existiam poucos filmes sobre jogos e fazer que…
Leia Mais

Segredos Oficiais

O início deste século enfrentamos momentos de tensão. Não porque nossa tecnologia teve uma pane com a virada,…